quarta-feira, agosto 03, 2011

Morte do irmão de José Sócrates

As desgraças não páram de assolar o antigo Primeiro-Ministro português.
Desta vez foi o seu irmão de 49 anos que morreu num hospital espanhol, enquanto esperava por um pulmão para ser transplantado.

Desconheço o dia de nascimento do irmão, mas só pela idade sei que estava a passar pelo retorno de Quíron, que ocorre por volta dos 50 anos de idade. Quíron está relacionado com a dor. Indica no mapa uma dor insolúvel - para nós, mas que podemos usar em benefício dos outros. Não nos podemos curar a nós - mas podemos curar os outros porque passámos por ela, sabemos o que se sente na pele. Presumo (posso estar enganada, claro) que teria o seu Quíron em Peixes. Peixes está conectado, entre outras coisas, com a Fé (e o Amor Universal). Seria alguém a sofrer uma crise de fé? Uma crise espiritual? Ou que sempre a teve, sempre a sentiu em si? Não sei, é uma hipótese que eu contemplo usando nada mais que a simbologia astrológica.

Bom, vamos ao mapa progredido de José Sócrates.




Neste momento ele tem o Sol progredido em Escorpião, o Ascendente progredido em Caranguejo e a Lua p. em Aquário. Há um aglomerado de planetas no signo de Escorpião, mas eu vou apenas mencionar alguns. Lua (família) na casa 8 (morte) está oposta a Úrano (algo rápido e inesperado) na casa 2. Lua e Úrano estão ambos envolvidos por quadratura a Sol (homem), Neptuno (doença, perda, desilusão) e Mercúrio (irmão). Chama-se a esta configuração quadratura em T e costuma ser difícil.

O que é mais interessante é isto:
- Lua está a 11º Aquário/ Úrano está a 11º Leão/ Mercúrio está a 11º Escorpião. Isto são aspectos Exactos!
Uma separação súbita ocorrida na família, envolvendo um irmão.

E onde é que neste mapa se vê Morte? Bom o ascendente está em Caranguejo, signo regido por Lua - e a lua está na casa 8, a casa da morte, junto a Quíron progredido (dor na família). Estão ambos no signo de Aquário - morte de um familiar no estrangeiro.
E Mercúrio, neste mapa, o que é que rege? Rege a casa 12 - a casa do sofrimento.
Além disso noto o seguinte: Plutão progredido está na casa 3, a casa dos irmãos. Plutão (morte) na casa 3 (a casa relacionada com os irmãos).
Isto parece-me um duro golpe para o ex-Primeiro-Ministro.

Ok, e quanto ao mapa de Retorno Solar de 2010/11?



Eu realmente, aqui, não vejo Morte na família. Vejo que houve uma preocupação muito grande durante este ano com a relação que mantinha com o irmão (Sol e Mercúrio no signo de Virgem da RS estão conjuntos na casa 7). Virgem= saúde. Talvez uma preocupação constante de falar com ele todos os dias? Devido À sua saúde?
A única coisa que aqui realmente me despertou a atenção foi o grau 29. Úrano está a 29º Peixes na casa 2. Quando eu vejo este grau em qualquer Revolução Solar eu sei que Algo termina nesse ano. Agora o Quê é que já é mais difícil descortinar. Está na casa 2 - dinheiro. Ok, ele perdeu as eleições, perdeu o cargo - suponho que monetariamente houve uma mudança drástica. Só que Úrano na sua carta natal está na casa 4 - a casa naturalmente relacionada com a família. Irmão é família (eu sei que disse anteriormente que a casa 3 é a casa dos irmãos, mas a casa 4 também se aplica). Então usando ambos os significados podia ser: algo que termina, acaba, na sua família? De modo inesperado e chocante? Há mais aspectos para analisar nesta Revolução Solar, mas fiquemos por aqui e passemos à próxima RS.

Revolução Solar para 2011/12:



- Às vezes parece que as Revoluções Solares começam a funcionar Antes do período temporal estabelecido (neste caso a sua é apenas a partir de 6 de Setembro de 2011). Ora aqui já é muito mais visível o tema de Morte na Família. Claro que eu não diria, se não o soubesse, claro, a uma pessoa com idênticas configurações isto:

- Meu Deeeeeus! Este Ano vai morrer alguém na sua Família!!!!! AAAAHHH!

Até porque é realmente Impossível saber. Diria: vai haver uma grande transformação no seu ambiente familiar ou na forma como se sente emocionalmente. Pode haver dor na família ou haver algum tipo de dor relacionada com essa Transformação. (Mesmo porque, até quando há modificações na nossa vida que sempre desejámos, podem todavia ser acompanhadas de algum nível de medo, de receio. Certo?)

Aqui ele tem na casa 8 (a casa da morte) a Lua (família) e Plutão (morte) juntos, no signo de Capricórnio. Morte familiar. Até a própria simbologia de Capricórnio pode ser vista como actuante nesta perda. Capricórnio é Estruturas. Por exemplo, a pele, os dentes, o esqueleto são Estruturas corporais e por tal regidas pelo signo de Capricórnio. E porque é que o irmão de José Sócrates estava doente? Porque as estruturas, penso, os alvéolos dos pulmões estavam a Solidificar - Fibrose - (Capricórnio).

Mais coisas para me fazer crer que esta Revolução Solar já estava (já está) a fazer efeito:
- O Ascendente é Gémeos (irmãos); o regente do Ascendente é Mercúrio na casa 4 (Família) e está oposto a Neptuno (dor, desilusão) em Aquário na casa 10. Aquário= estrangeiro; Neptuno também está conectado com a profissão médica. Grande desilusão com a classe médica?

- O nódulo norte está na casa 7 - mostrando, este ano, uma grande preocupação pelos Outros; o regente deste nódulo está na casa 12: perda e sofrimento devido a outros, a relações (que pode ser de todo o tipo, neste caso foi o irmão). E o próprio Sol da RS está na casa 4, dando novamente uma grande atenção a temas de cariz familiar. O que é interessante é que o Sol está conjunto a Vénus. Talvez haja este ano uma mulher que o ajude a ultrapassar esta dor? Não sei se será assim, ok! A Vénus rege a casa 6 - talvez seja alguém que tenha trabalhado com ele, uma colega, uma subordinada... é uma hipótese, não posso afirmar categoricamente que será assim.
Outra coisa: a Vénus da RS está mesmo junto ao seu Mercúrio natal. O seu irmão, durante todo este ano, vai estar muito presente na sua memória.

A 30 de Julho houve a Lua Nova a 7º Leão - em quadratura com o seu Sol progredido a 7º Escorpião e conjunta ao seu Úrano natal a 9º Leão (na casa 4) - novamente o tema Familiar. Dia 13 de Agosto a Lua Cheia (culminação) estará a 20º Aquário - mesmo em cima da sua Lua natal a 18º Aquário. A culminação de toda esta dor? Ou mais dor ainda? Seja o que for será muito Público! porque a Lua natal está na casa 10. Algo relacionado com o irmão ou com a sua família virá à tona? Ou será meramente um interesse demasiado mórbido da Imprensa e meios de telecomunicação pela morte do seu irmão? Novamente - não faço ideia.

Vamos aos Arcos Solares.



Mercúrio em Arco Solar está a 12º Escorpião conjunto ao Grau ao nódulo norte natal - também a 12º Escorpião (só um aparte: o meu Ascendente natal está a 13º Escorpião. É interessante ver estas conexões).

Eu "leio" isto de uma maneira um pouco intuitiva: será que fazia parte do caminho de vida (nódulo norte) desta alma (José Sócrates) sofrer a perda, a morte (Escorpião) do irmão (mercúrio)? Será que só através da perda e da dor a sua alma e o seu espírito crescerão, evoluirão? Estou a parecer super-arrogante, não estou? Não é minha intenção magoar JS, só quero saber mais sobre a Astrologia, aprender o mais que conseguir.

Bom, esta é uma leitura intuitiva. Também noto o seguinte - nódulo norte está na casa 6, a casa da saúde. E este nódulo norte em Escorpião é regido por Plutão em Virgem (signo regido por Mercúrio - de novo o tema de Irmão presente), Plutão este colocado na casa 5, a casa do Ego.

(Mapa Natal)




Plutão na casa 5 é tradicionalmente a marca de um Ego Muito Forte. Será uma perda familiar importante, de alguém que muito amava, planeada antes da vida física, cuja intenção era a de, humm, "amainar" o ego? “Desbastá-lo” um bocadinho?
Tipo: nós somos tudo, temos poder e reputação e dinheiro. E de repente tudo isso que temos, todo esse poder não é nada e não impede que alguém importante na nossa vida morra. Logo, o Poder (Plutão) de impormos os nossos Desejos e Quereres (casa 5) não é nada face à Morte. Não é a nossa forte vontade que alterara isso.
Neptuno transita neste momento o signo de Peixes. Está na casa 11 (amigos, ideais, objectivos a longo prazo. Antigamente era a casa conectada com a Boa-Sorte) e opõe-se directamente ao Plutão natal de José Sócrates. Neptuno dissolve. Eu penso que sofrer um trânsito de Neptuno chega a ser pior que um de Plutão. É insidioso. Como um veneno (que até pode ser doce) que nos mata sem nós darmos por ela. Tira-nos a confiança, a força. Penso que a auto-estima de José Sócrates, com todas estas perdas (pai, irmão) deve andar muito, muito por baixo. Provavelmente deve andar a reconsiderar exactamente o que é Importante para ele. Quais são os meus valores?, deve perguntar-se. Neptuno deve estar a fazer com que, o que era importante para ele há uns anos, deixe de o ser. Como se fosse uma nuvem que lentamente o dissipasse. Também, penso, deve andar a perder algumas amizades (casa 11, a casa dos amigos). Talvez desapareçam, pouco a pouco, sem ele dar por ela. Pode também haver o risco de traição e de engano (Neptuno) por parte de algumas amizades. Neptuno vai andar ocupado nos próximos anos. Fará oposição a muitos planetas do seu mapa natal.

Menciono apenas os eclipses que tocarão no mapa de José Sócrates:
- no final de Novembro há um eclipse solar a 2º Sagitário. Estará em quadratura a Plutão natal. Não me parece que seja algo positivo. é novamente um choque ao ego. Alguma mudança significativa eu diria ou na sua vida amorosa ou na vida dos filhos (casa 5).
- Depois, em Dezembro, há um eclipse Lunar a 18º Gémeos. Dar-se-á na casa 2 (dinheiro que nós ganhamos), em quadratura a Marte na casa 5 e em trígono exacto à Lua na casa 10. Um novo emprego? Uma nomeação para um cargo de prestígio? Mas este eclipse faz quadratura a Marte, que também tem por significado Vitalidade Física. Este Marte rege a casa 12 - casa relacionada com o eixo da Saúde (6/12). Sei lá (outras possibilidades):
- um acidente (Menor, ok!, menor) ao practicar desporto?
- ou um romance secreto, lol! (Casa 12 - casa dos segredos; Marte - planeta relacionado com o Sexo; casa 5 - sex for fun!). Não é da minha conta. Nem da vossa!

Mas acho que pode ser a nomeação para algum cargo - talvez relacionado com o cuidar do outro. Um cargo de serviço a desamparados. De que tipo - não sei. Talvez até algo relacionado com doação (casa 12) de orgãos? Mas realmente não saberei dizer se será assim. Logo se verá.

E pronto, agora é que acabei!

/Dunya Astrological Mode OUT
(1885 palavras)

1 comentário:

費爾南加里多 disse...

Muito interessante! Bisous.