domingo, setembro 29, 2013

Portugal: Astrologia em Outubro de 2013


Excerto (livro: http://www.smashwords.com/books/view/248357)

Lua Nova a 12º Balança, a 5 de Outubro de 2013. Período muito difícil para o Governo. Lunação ocorre em conjunção ao par natal Sol/Marte. Um Novo Governo? Um novo chefe das Forças Armadas? Uma enorme reestruturação das forças policiais? Uma nova imagem de Portugal? Há outros elementos que me fazem até cogitar o seguinte: Revolução? Revolução feita com as forças armadas, que ajuda à formação de um novo Governo? No mapa natal de 1910 os vários trânsitos (como por exemplo Plutão e Úrano em situação tensa com o Sol natal) só me levam a pensar que poderá, possivelmente, ser um período revolucionário. Agora… algo semelhante ao 25 de Abril? Isso já não saberei dizer. No mapa da revolução solar para o ano 2013/2014 a lunação ocorre na casa 11, o que me faz imaginar a possibilidade de um novo Parlamento, uma nova coligação, ou novos representantes do país (novos governantes) ou até reformas políticas substanciais.

Eclipse Lunar a 25º Carneiro, a 18 de Outubro de 2013. O que quer que tenha sido decidido duas semanas antes vai ter um grande impacto ao nível do povo em geral, da sua terra, ao nível dos alicerces do próprio país. Uma nova terra? Uma nova democracia? Uma alteração nos partidos da oposição? Como esta lunação completa a última ligação no mapa, desenhando uma grande quadratura em T em signos cardeais, que envolve os planetas Sol e Júpiter, Úrano e Neptuno, a outra possibilidade é talvez a ocorrência de algum terramoto, sismo ou algum evento natural que tem a potencialidade de ser destrutivo (por exemplo: um fogo de grandes proporções, despoletado por alguma explosão acidental). Atenção — não digo que isto vai suceder! É apenas uma hipótese entre muitas! Além de que, mesmo se acontecer, pode ser algo mínimo, que nem se note.

4 comentários:

Olinda P. Gil © disse...

São as 34 câmaras CDU

Dunyazade disse...

:D Óptimo!

Olinda P. Gil © disse...

Ou então o Isaltino

gonçalo costa disse...

Vem ai o Rui Rio ou então é o bloco central