segunda-feira, fevereiro 08, 2010

O que aguarda Portugal? - Análise Astrológica

Vi os vários mapas que tenho de Portugal, tanto de 1143, como de 1910 como de 1974. Aqui fica uma análise básica (uma vez que não sei muito sobre astrologia mundana) do que poderá aguardar Portugal no futuro.

1º) 21 de Março de 1143.

Neste o ascendente (não me perguntem porquê, já não me lembro) é 17º Leão. Marte retrógado transita a casa 12, a dos inimigos secretos. Marte é Explosivo, inimigos secretos associo com a Eta - astrologicamente "it fits".
Neste mapa outro trânsito que me chamou a atenção foi o de Urano quase a sair da casa 8. Está perto de uma conjunção ao Sol em Carneiro a 0º. Em Maio de 2010 haverá uma conjunção a este Sol - na casa 8. Algo chocante, relacionado com o dinheiro (empréstimos?) dos outros? De repente vamos ter Grandes dificuldade em receber empréstimos do exterior? Este Sol natal está conjunto a um grau com Saturno - o que me volta a confirmar austeridade, falta de liberdade, falta de flexibilidade. No more money, I think...

Em Maio de 2012 Urano estará enfim já na casa 9 (que associo novamente com o Estrangeiro) em conjunção com o Quíron natal. O que me leva a pensar: algum tipo de grande dor nacional, que vem de súbito, explosiva, que nos fará notícia no resto do mundo?

Neste mapa não há energia de Peixes, parece-me.

2º mapa) 4 de Outubro de 1910 - MAPA PROGREDIDO

Este também tem muita energia cardeal. Neste, o da implementação da República (mas progredido), Urano está a 25º Capricórnio na casa 10!!! Ora houve um eclipse neste grau (ou muito perto) a 15 de Janeiro'10. E há pouco tempo (dias, penso) os ratings de Portugal foram baixados o que teve - e parece que vai continuar a ter - impactos negativos na nossa economia. Algo súbito (Urano), relacionado com a economia e finanças (capricórnio) que teve um grande impacto na nossa reputação exterior (casa 10). Again, "it fits".

Há outra maneira de ver se este "é" o mapa que melhor define a situação de Portugal neste momento. Nele Neptuno progredido está na casa 4 (origens, lar) a 20º Caranguejo. Ora a 11 de Julho de 2010 vai haver um eclipse do Sol a 19º Caranguejo. Eclipses do Sol, pelo que tenho lido, definem sempre "coisas novas", "inícios". Porém este eclipse vai dar-se em conjunção (ou muito perto de) com o Nódulo Sul em trânsito. E o Nódulo Sul é, por definição, fins. Portanto... um fim que define um início? Sabem o que eu pensei, uma vez que é Neptuno o envolvido? Pensei: inundações por todo o país. Muita água, montes e montes de água. Ou problemas em impedir que a linha da costa avance (isto recorda-me os problemas com a Costa da Caparica). Este Neptuno neste mapa está em oposição a Mercúrio, Sol, Urano em Capricórnio na casa 10. Logo... problemas em definir Fronteiras? Fronteiras que se, literalmente, derretem? Isso ou o encontro de Petróleo na Costa portuguesa, lolol (espero que não).

Outra coisa. Neste mapa progredido o MC está a 4º47' Capricórnio. Vai haver um eclipse da Lua a 26 de Junho de 2010 a 4º48 Capricórnio. Um minuto de diferença. A maneira como o exterior nos vê talvez sofra uma mudança total? A nossa imagem no exterior vai radicalmente mudar?

Repito, não sei se será assim. Estou a usar os mapas que tenho aqui guardados e já nem sei porque é que escolhi uma hora em detrimento de outras. A questão é aguardar (como sempre) por acontecimentos e ver qual dos mapas explica melhor esses acontecimentos.

3º mapa) 25 de Abril de 1974

Também muita energia cardeal.
Aqui Saturno em trânsito está em conjunção com Plutão natal na casa 9 - confirma, penso, as dificuldades crescentes com a nossa imagem no exterior.
Urano natal a 25º Balança na casa 10 - que sofreu, em quadratura a partir da casa 1, o eclipse de 15 de Janeiro.

Guess what happens em... Setembro de 2010? No mapa progredido o Ascendente muda para Aquário e a Vénus progredida está Exacta ao minuto com esse ascendente - em quadratura (0º01 Touro) na casa 3. Não sei como interpretar isto, a não ser, talvez, de repente uma ênfase a partir dos meios de comunicação (casa 3) na necessidade de Poupar (Vénus em Touro)?
Agora a mudança de ascendente... uma nova revolução popular? Uma ênfase na necessidade de apostar nas novas tecnologias (incluindo energia solar) para podermos tirar Portugal do "buraco"? Não sei...

4º mapa) 8 de Março de 1143

Este tem um ascendente a 2º Caranguejo e Plutão em trânsito está na casa 7 - dificuldade com os nossos Aliados. Uma redefinição com as nossas alianças tradicionais ("morte" até).

Aqui o que me chamou a atenção foi novamente Urano em trânsito, neste caso já na casa 10, em conjunção com Saturno natal a 29º Peixes - este a conjunção vai dar-se em Maio e Setembro.
Quanto a progressões no próximo ano, neste mapa, o Sol muda para Leão! Maybe it's a good thing... talvez sejamos mais Criativos na resolução desta crise económica (no entanto Leão também é o signo - não é só o Capricórnio - do Autoritarismo). E se surgir novamente outro "salvador da Pátria" à maneira de Salazar? "Eu é que sei", "Eu é que tenho razão" - tem muito a ver com o Leão, a parte negativa pelo menos.
Este Sol progredido vai estar em trígono com Urano progredido na casa 2 ("Eu tenho a solução Inventiva, Original, Técnológica e revolucionária para Sairmos desta crise!!!! Trust me!!!!!"); em quadratura com Júpiter progredido na casa 7 em Carneiro (confiança desmedida e infundada num tipo. Talvez um professor? - Júpiter, o Guru. Carneiro: algo/alguém relacionado com a vida militar?). Sol em quintil com Marte em Balança na casa 12 - o que me volta a fazer pensar em temas (ou numa pessoa) relacionados tanto com a vida espiritual como com a vida militar... Não sei. Tenho ainda que aprender muito.

Quanto ao grau 27 de Peixes - só o vejo no IC (origens, lar) do mapa de 4 de Out. de 1910. Em Março/Abril e depois Out/Novembro de 2010 Urano em Trânsito vai activar este grau. E agora para ser absolutamente paranóica: cataclismos? Tremores de terra? Tsunamis? (Porque é Peixes...) Não sei.
Neste mapa o Quíron natal está a 28º Aquário na casa 3 - Dor relacionada com as notícias? Ou: transmitida, dada a conhecer através dos meios de comunicação? (Ultimamente é só escândalos com políticos e escutas e sei lá mais o quê.)

Outra coisa que ainda não mencionei. O MC do Primeiro-Ministro Sócrates está em Capricórnio, perto do grau do eclipse de 15 de Janeiro deste ano. A maneira como ele é visto internacionalmente, a sua reputação, a sua carreira política, está, penso, a sofrer uma alteração radical. E, através dos seus representantes, podemos ver como está a "saúde" do país. Ou seja, outra maneira de ver o que aguarda Portugal, é olhando para o mapa natal dos actuais governantes.

Bom, acho que esta é a minha análise. A possível, tendo em conta que nunca estudei astrologia mundana a fundo.

4 comentários:

Jorge Lancinha disse...

Impressionante!

http://aeiou.expresso.pt/gen.pl?p=stories&op=view&fokey=ex.stories/577649

Dunyazade disse...

Obrigada.

Eu sei que sou :|

Ana Paula disse...

Olá Dunyazade,

Gosto da forma interessante como interpretas os mapas astrológicos e também do teu talento para a escrita.

De qualquer forma tenho informação que Portugal "nasceu" em 15 de Março de 1143 às 00.00 em Guimarães, poderás, por favor analisar Portugal por esta perspectiva?
Fonte: http://cova-do-urso.blogspot.com/2011_03_01_archive.html

Dunyazade disse...

Olá Ana Paula;

tentarei fazer a interpretação desse mapa, embora não possa dizer exactammente quando.

É difícil saber Qual é o mapa correcto de Portugal, sobretudo o mais antigo porque passaram séculos e séculos. Tenho aqui um livro que dá ainda Outro mapa, com a data de 1128. Provavelmente os que funcionarão melhor são os mais actuais (1910 e 1974).